Portal Caparaó

carregando...

COLUNISTAS

Você sabia que consumir muito açúcar pode causar rugas e falta de elasticidade da pele? Mude sua alimentação e rejuvenesça anos!

Quem não gosta de saborear um belo doce? O problema é que o açúcar contido nas guloseimas nem sempre faz bem ao organismo. Ele está associado a inúmeras circunstâncias que nos afligem, principalmente, as mulheres, como aumento de peso, celulite e até rugas. \"A pele reflete com precisão aquilo que nos acontece internamente\", diz a médica dermatologista Marcella Delcourt, colaboradora do grupo de Alergia e Fototerapia da Santa Casa de São Paulo, Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.

Hoje, depois dos radicais livres, do estresse oxidativo e dos raios UV, o novo alvo contra o envelhecimento é a glicação e seus resultados: os A.G.E.s. \"A glicação ocorre quando uma molécula de açúcar em excesso, por aumento da ingestão ou por lentidão do metabolismo da glicose, se adere a uma molécula de proteína (colágeno, elastina, dentre outras) formando os AGEs, que são um complexo açúcar-proteína rígido que altera a estrutura dessas proteínas, impedindo a eficácia no desempenho de seus papéis mais importantes e, na pele, leva ao aparecimento das rugas\", explica a médica.

Os AGEs ainda são verdadeiras fábricas de radicais livres. Eles se acumulam lentamente ao longo do tempo, piorando seus efeitos prejudiciais no organismo e deixando a pele com um aspecto opaco e envelhecido. Para combatê-los e evitá-los, existe uma fórmula tríplice: dieta, suplementos e produtos tópicos.

Nos laboratórios farmacêuticos está ocorrendo uma revolução para descobrir “limpadores” de AGEs e produtos que impeçam sua formação.

\"No mercado já existem alguns produtos eficazes à base de carnosina, ácido alfalipóico, extrato de mirtilo e laranja associados ao proxylane, peptídeos associados a vitamina E, silício, FN3RK (enzima capaz de reverter as fibras de colágenos alteradas), ativo vegetal derivado de uma árvore originária da Indonésia e até de uma fruta vietnamita. Algumas substâncias, como o ácido alfalipoico, o silício e proxylane já são encontrados em produtos ou disponíveis para manipulação no Brasil\", revela a Dra. Marcella Delcourt.

Os demais ainda estão em fase de lançamento e, no momento, só algumas empresas estrangeiras têm acesso a eles. Brevemente estarão à venda no Brasil.

Alimentação certa = juventude

Independente das descobertas para combater a formação de AGEs, é possível diminuir seus efeitos por meio de bons hábitos alimentares, como sugere a dermatologista. Confira:

● Toda refeição deve ser iniciada com proteína (comer primeiro a carne e depois os acompanhamentos);

● Para fazer um peixe ou frango à milanesa use nozes, sementes moídas ou farelo de aveia para a crosta;

● Incorpore amêndoas e quinoa às refeições;

● Coma três maçãs por dia, rica em antioxidantes e flavonóides;

● Ingestão de peixes de água gelada, como salmão, sardinhas, truta, anchovas e arenque, que são ótimas fontes de ômegas-3, além dos ovos enriquecidos (Ovos de galinhas alimentadas com uma dieta rica em ácidos graxos Omega 3 – semente de linhaça);

● Não esqueça as fibras: feijões, lentilhas e ervilhas. São estabilizadores do açúcar por horas e ajudam a queimar a gordura. Consuma-os de preferência no almoço e no jantar;

● Use temperos frescos, preferencialmente açafrão e canela;

● Beba 6 a 8 copos de água pura por dia;

● Desista do café;

● Prefira alimentos orgânicos;

● Refogue os alimentos em fogo médio e não doure nada, nem proteínas e nem verduras;

● Evite comidas industrializadas, como flocos de milho, salgadinhos, bolachas, ketchup, refrigerantes e alimentos que contêm corante caramelo na sua composição, dentre outros.

● Tome chá verde ou suplementos à base dessa bebida com probióticos, antioxidantes e substâncias anti-AGEs de ultima geração na composição.

Conteúdo do site MÁXIMA
 

Compartilhar

Últimas Colunas

Dr. Rober Mariano Almeida Júnior

Formado em Nutrição pelo Centro Universitário do Espirito Santo-UNESC no ano de 2008. Docente do curso técnico em Enfermagem, UNIPAC. Formação em Personal Diet pela NTR – Porto Alegre. Formação em Nutrição e Estética pelo IPGS. Especialista em Nutrição Clínica e Estética pelo IPGS – Porto Alegre, parceria com a Sociedade Brasileira de Médicina Estética. Formado em Suplementação Fitoterápica e Ortomolecular, IPGS. Experiência em nutrição clínica com ênfase em Nutrição e Estética, atuando principalmente nos seguintes temas: prevenção do envelhecimento através da nutrição, nutrição e bronzeamento, nutrição e fibro edema gelóide e outros fatores estéticos associados à conduta nutricional. Confira o site www.rmnuti.com