Portal Caparaó

carregando...

VEÍCULOS

18/09/2015 - Atualizado em 18/09/2015 13h46

Fim da obrigatoriedade de extintor para carros gera reclamação

BRASÍLIA (DF) - O uso de extintor de incêndio vai passar a ser opcional para carros em todo país na próxima segunda-feira (21). A decisão do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) acontece há duas semanas do fim do prazo para adequação à exigência de uso do extintor do tipo ABC.

Com isso, motoristas que compraram o equipamento na região de Manhuaçu reclamam do prejuízo.

O equipamento continuará sendo exigido no país apenas para caminhões, caminhão-trator, micro-ônibus, ônibus, caminhonetes, camionetas, triciclos de cabine fechadas, e veículos destinados ao transporte de produtos inflamáveis. O Brasil era um dos poucos países que ainda obrigava os veículos a terem o extintor.

Inicialmente, a troca começaria a valer no dia 1º janeiro e isso provocou uma correria às lojas da região.  Lojas também tiveram dificuldade para repor o estoque por conta da procura e os consumidores reclamaram de elevação dos preços do extintor ABC por conta da demanda.

Com o anúncio da decisão desta quinta-feira (17), os consumidores da região reclamaram do gasto e do tempo perdido na procura do equipamento.

"Fiquei com cara de palhaço [ao saber que não será mais obrigatório]. Cheguei a procurar em outras cidades, liguei em lojas para ver se conseguia lá. Acabei comprando em março, depois de mais de dois meses de procura", afirmou um servidor público de 41 anos.

Um vendedor de 34 anos também ficou revoltado. "A gente se sente lesado. É igual o tal kit de pequenos socorros, já estamos acostumados. Daqui a pouco, vão inventar outra coisa, aí você compra para ficar de acordo com a lei, daqui a pouco dão mais prazo e cancelam. É assim que as coisas funcionam", lamentou.

O mecânico José Maria Souza também reclamou. "Assim que soube que teria a obrigatoriedade, troquei o meu imediatamente e desfiz de um extintor que estava na validade. Me sinto enganado, quero meu dinheiro de volta", disse.

Com agências - contato@portalcaparao.com.br

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.