Portal Caparaó

carregando...

EDUCAÇÃO

07/12/2016 - Atualizado em 08/12/2016 7h57

Encontro debate pesquisa científica no Ensino Médio

MANHUAÇU (MG) - A Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Manhuaçu e a Agência de Desenvolvimento Econômico e Social da Região do Caparaó (ADESC), realizaram na quarta-feira, 30/11, o Seminário Ensino Médio em Foco. O encontro aconteceu no Cine Teatro João Bracks com tema: “A Escola como mediadora de projetos de iniciação científica e pesquisa”.

Com a presença de diretores, professores e convidados de 18 municípios da região, o seminário abordou palestras durante todo o dia com foco na iniciação científica e a importância da pesquisa no Ensino Médio no Território Caparaó.

Na primeira parte, aconteceram duas palestras focadas na importância da iniciação científica e da pesquisa para as escolas estaduais e a importância do cientista jovem no contexto do desenvolvimento regional. O relato de experiências de alunos na realização de projetos de pesquisa completou a programação da manhã.

Durante a tarde, o encontro abordou a importância da pesquisa científica para o desenvolvimento regional e trouxe uma mesa redonda sobre o projeto Mosit de Simonésia, debatendo a contribuição das mostras de iniciação científica e feiras de conhecimento nas escolas. A proposta de reforma do ensino médio foi o tema de encerramento do seminário.

Para a diretora da Superintendência de Ensino de Manhuaçu, Mônica Oliveira Hott, o seminário serve para irradiação de pesquisa e da inovação no currículo do Ensino Médio, com a possibilidade de os jovens se inserirem mais cedo no processo da pesquisa.

Já o presidente da ADESC, André Farrath, vislumbra que os projetos de pesquisa podem ser uma política de ampliação do ensino médio para além das salas de aula. “Com atividades desenvolvidas no contraturno das aulas, estudantes podem desenvolver bons estudos científicos que podem ser aplicados no território Caparaó, o dentro da comunidade onde a escola está inserida e integrando os conteúdos aprendidos em sala de aula”, pontuou.

Carlos Henrique Cruz - carlos@portalcaparao.com.br

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.