Portal Caparaó

carregando...

AGRONÉGOCIOS

20/12/2016 - Atualizado em 21/12/2016 7h23

Matas de Minas conquista vários prêmios no Concurso Estadual

BELO HORIZONTE (MG) - Os cafés da região das Matas de Minas foram destaque na premiação do 13º Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais. O governador Fernando Pimentel participou nesta segunda-feira (19/12) da cerimônia de encerramento. A região de Manhuaçu conquistou os três primeiros lugares nas duas categorias das Matas de Minas, o produtor Aarão Ferreira de Lajinha foi o campeão estadual na categoria Cereja Descascado e o extensionista da Emater-MG de Alto Caparaó, Valdeci Gomes Soares, foi premiado por ter o maior número de produtores entre os finalistas.

Neste ano, na categoria Natural, o primeiro lugar e que ficou com o prêmio de campeão estadual foi o café do produtor André Souza Lima Campos, do município de Presidente Olegário, no Cerrado Mineiro. Já na categoria Cereja Descascado o troféu de campeão estadual foi entregue a Aarão Ferreira, de Lajinha, na região das Matas de Minas.

O Gerente Regional da Emater-MG em Manhuaçu, Rômulo Mathozinho, destacou os resultados positivos da região das Matas de Minas. “Nós ganhamos vários prêmios. A regional de Manhuaçu conquistou, através dos seus produtores, os três primeiros lugares nas categorias Natural e Cereja Descascado das Matas de Minas. Além disso, o primeiro lugar na categoria Cereja Descascado foi também o campeão estadual. Ficamos satisfeitos com o Celso Antônio de Oliveira, do Córrego Palmeirinhas de Manhuaçu, foi campeão nas Matas de Minas ganhou uma viagem para a costa Rica e o senhor Aarão Ferreira – de Lajinha - foi campeão na região e no Estado e também foi premiado. Além disso, o nosso extensionista Valdeci, de Alto Caparaó, foi premiado com a viagem por ter sido o profissional com o maior número de produtores entre os finalistas do concurso. A nossa região das Matas de Minas ganhou grande destaque na produção de cafés de qualidade”, comemorou.

AVALIAÇÃO

O concurso é dividido em duas categorias. A primeira é a Café Natural, que trata do grão recém-colhido que, após passar por um processo de lavagem, é levado para secar. A outra categoria é a do Café Cereja Descascado, Despolpado ou Desmucilado. Estes tipos de café são lavados e há uma separação dos frutos verdes e secos dos frutos maduros. Depois, eles passam por um descascador para só depois seguir para secagem.

A seleção dos finalistas foi feita por especialistas de empresas públicas e privadas com base em análises físicas e sensoriais. As provas foram realizadas no Centro de Excelência do Café, em Machado, no Sul de Minas Gerais. Neste ano, a novidade no critério de avaliação foi a inclusão da avaliação socioambiental na etapa final das análises

PREMIAÇÃO

Todos os cafés finalistas já possuem comprador garantido. Conforme licitação promovida pela Faepe, a empresa Atlântica Exportação e Importação Ltda irá comprar, no mínimo, dez sacas (60kg) de cada um dos finalistas, com preços que variam de acordo com a pontuação obtida no concurso. Cada saca dos campeões será adquirida por US$ 800.

Os produtores que obtiveram a maior pontuação em cada região também ganham uma viagem à Guatemala ou Costa Rica para conhecer o sistema de produção de café de qualidade.  

LISTA DE PREMIADOS

Categoria: Natural

Terceiro Lugar

1. Região Cerrado Mineiro (município Varjão de Minas) - Empresa Agrícola Santa Rita Ltda, representada pelo presidente João Annes Guimarães;

2. Região Chapada de Minas (município José Gonçalves de Minas) - Gilson Pereira da Silva;

3. Região Matas de Minas (município Alto Caparaó) - Sebastião Luiz Robadel;

4. Região Sul de Minas (município São Sebastião do Paraíso) - Antônio Adolfo de Souza.

Segundo Lugar

1. Região Cerrado Mineiro (município Patrocínio) - Flávio Ruiz Pequini;

2. Região Chapada de Minas (município Capelinha) - Arlindo Domingues de Oliveira;

3. Região Matas de Minas (município Alto Caparaó) - Rafael Lopes Louzada;

4. Região Sul de Minas (município Andradas) - Fábio Roberto Menegon.

Primeiro Lugar

1. Região Chapada de Minas (município José Gonçalves de Minas) - Claudio Fujio Nakamura;

2. Região Matas de Minas (município Manhuaçu) - Celso Antônio de Oliveira;

3. Região Sul de Minas (município Divisa Nova) - Dimas Figueiredo Lopes.

4. Região Cerrado Mineiro (município Presidente Olegário) - André Souza Lima Campos;

Categoria: Cereja Descascado

Terceiro Lugar

1. Região Cerrado Mineiro (município Serra do Salitre) - Luiz Alberto Rossi;

2. Região Chapada de Minas (município Diamantina) - Dailton Antonio Ribeiro;

3. Região Matas de Minas (município Alto Jequtibá) - Ari de Oliveira Filho;

4. Região Sul de Minas (município São Pedro da União) - João Onofre da Silva.

Segundo Lugar

1. Região Cerrado Mineiro (município Patos de Minas) - Versi Crivelenti Ferrero;

2. Região Chapada de Minas (município Angelândia) - Primavera Agronegócios Ltda, representada pelo Gerente-Geral Ronaldo Morais Pena Filho;

3. Região Matas de Minas (município Manhuaçu) - José Rocha;

4. Região Sul de Minas (município Campestre) - Hélio José Lopes Júnior.

Primeiro Lugar

1. Região Chapada de Minas (município Patos de Minas) - Wagner Crivelenti Ferrero;

2. Região Sul de Minas (município Minas Novas) - CBI Agropecuária Ltda, representada pelo diretor Tancredo Pisa Simonini Spadas;

3. Cerrado Mineiro (município Santo Antônio do Amparo) - Henrique Dias Cambraia;

4. Região das Matas de Minas (município Lajinha) - Aarão Ferreira.

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.