Portal Caparaó

carregando...

AGRONÉGOCIOS

06/04/2017 - Atualizado em 07/04/2017 9h25

Mulheres cafeicultoras prestigiam o Simpósio de Cafeicultura

MANHUAÇU (MG) - Mais de quinhentas mulheres cafeicultoras participaram do encontro promovido na manhã desta quinta-feira, 06/04, no Simpósio de Cafeicultura das Matas de Minas. Pelo terceiro ano consecutivo, a organização promove o Encontro de Mulheres da Cafeicultura com palestras e atividades voltadas para o segmento que ganha força e participação na produção e comercialização da cafeicultura regional.

A iniciativa foi organizada pelas entidades parceiras do Simpósio de Cafeicultura, como a Associação de Mulheres da Cafeicultura (IWCA, sigla em inglês), o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e a Emater-MG, com apoio da Coocafé, Sicoob Credilivre, Appoex, Aciam, Scamg, Sebrae e o Conselho das Entidades do Café das Matas de Minas.

A presença das mulheres foi surpreendente mais uma vez. Segundo a mobilizadora do Senar, Isaura da Paixão, o evento começou há três anos e foi ganhando mais adesões.  "Esse encontro mostra a força das mulheres na cafeicultura, tanto que da primeira edição para esse ano, o evento cresceu. Cerca de quinhentas mulheres atenderam o nosso convite e vieram participar do encontro”, detalhou.

A cada ano, as mulheres atuam diretamente na produção de café e são fundamentais no processo de certificação das propriedades, além disso, estão envolvidas em temas como qualidade e no gerenciamento do agronegócio café.

Na abertura, produtoras da Associação de Mulheres Empreendedoras da Vila Pontões em Afonso Cláudio (ES) falaram do empoderamento feminino que marca a entidade. Hoje, as mulheres cafeicultoras de Vila Pontões participam de todo processo de produção, pós-colheita, beneficiamento e comercialização.

Ainda durante a manhã, a Pró-reitora de Assuntos Comunitários da UFV (Universidade Federal de Viçosa), Viviani Silva Lírio, apresentou uma palestra sobre Empreendedorismo do Meio Rural.

FAMÍLIA

Partindo do tema mulheres cafeicultoras, a programação da tarde desta quinta-feira, 06/04, abordou a agricultura familiar. Foram duas palestras focadas no segmento.

A primeira sobre sucessão rural abordando o papel das novas gerações no campo com a coordenadora estadual da juventude da Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Estado de Minas Gerais Marilene Faustino Pereira; e a outra com o Coordenador Técnico Estadual da Emater-MG Sérgio Bras sobre as potencialidades do mercado de cafés especiais para a agricultura familiar.

DIA DE CAMPO

A última palestra do Simpósio de Cafeicultura foi uma forma de preparar o público para o Dia de Campo, nesta sexta-feira, em Martins Soares.

O engenheiro agrônomo da Fundação Procafé, José Braz Matiello, palestrou sobre a renovação e recuperação de cafezais. Foi uma das palestras mais concorridas.

Durante a manhã de sexta-feira, no Centro Experimental de Café, produtores participantes poderão conhecer na prática as informações mais atualizadas sobre as pesquisas com a cultura do café na região. Muitos dos trabalhos têm a participação de Matiello.

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.