Portal Caparaó

carregando...

ECONOMIA

27/06/2017

Jucemg participa do Fórum Regional em Manhuaçu no dia 29/6

MANHUAÇU (MG) - Na próxima quinta-feira, 29/6, a Junta Comercial de Minas Gerais participa do Fórum Regional em Manhuaçu, território do Caparaó, na Escola Cem – Alameda Dr. Eloy Werner, 211 – Alfa Sul. Com os serviços registro digital, Sala Mineira do Empreendedor e Minas Fácil digital, a Jucemg apresenta a prefeitos, lideranças comunitárias, empresários e profissionais de contabilidade sobre os serviços que facilitam e fomentam o processo de abertura de empresa em Minas Gerais.

Às 14 horas, na Sala Canastra, será apresentado o registro digital, procedimento que oferece os serviços de atos empresariais (abertura, alteração e extinção) e escrituração contábil exclusivamente pela internet. Na oportunidade, serão também explanados sobre a Sala Mineira do Empreendedor, espaço exclusivo com orientações, informações e serviços para abrir e fomentar um negócio, e do Minas Fácil Digital, serviço que integra todos os órgãos envolvidos na formalização de um empreendimento pela internet. Pelo Minas Fácil Digital estão interligados os principais órgãos públicos envolvidos na abertura e alteração de empresas, evitando que o empreendedor tenha que comparecer a diversos locais para dar seguimento ao processo. Desta forma, o processo de registro e licenciamento de empresas passa a ser realizados exclusivamente pela internet.

A Jucemg tem participado ativamente dos fóruns, que já ocorreram este ano em Ituiutaba (maio) e em Montes Claros (junho). Está prevista ainda a realização do evento em Paracatu (6/7) e Abaeté (20/7). Os Fóruns Regionais presentes em cada um dos 17 Territórios de Desenvolvimento no Estado foram criados pelo Governo de Minas para garantir a participação da população. É um novo modelo de gestão no Estado, em que preza o diálogo e a participação da sociedade na busca de melhores soluções. 

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.