Portal Caparaó

carregando...

POLÍTICA

30/06/2017 - Atualizado em 01/07/2017 9h18

Vereadores entregam reivindicações ao governador Pimentel

MANHUAÇU (MG) - Durante a realização do Fórum Regional do Território Caparaó, nesta quinta-feira, 29/06, em Manhuaçu, o Presidente da Câmara de Manhuaçu, Jorge do Ibéria, o vereador Juninho Linhares e o primeiro secretário José Eugênio entregaram três reivindicações ao Governador Fernando Pimentel, acompanhados do deputado estadual João Magalhães.

Uma das solicitações foi relacionada à necessidade de melhorias e investimentos no prédio da Escola de Vilanova, que pertence ao patrimônio do Estado.

Outra reivindicação foi em relação ao IPSEMG. “Por sermos o Município pólo da região,  atendemos toda a população da região do Caparaó, para fins comerciais, educacionais e de saúde. Em virtude desta posição de referência regional contamos com elevado número de servidores estaduais, dos mais diversos órgãos estatais” destacou Juninho Linhares.

O vereador citou que “os servidores enfrentam relativa dificuldade de atendimento de saúde na rede conveniada do IPSEMG, seja por baixa oferta de procedimentos ou por insuficiência de profissionais e centros médicos credenciados”.

O documento solicitou que o Estado amplie o atendimento médico-odontológico e a realização de exames em Manhuaçu, mediante a realização de novos convênios e ampliação dos já existentes.

AGENTES PENITENCIÁRIOS

A terceira demanda entregue diretamente ao Governador Fernando Pimentel é a preocupação com a possibilidade de demissão dos agentes penitenciários contratados sem substituição por efetivos. “Isso inviabilizaria totalmente o funcionamento da Unidade Prisional de Manhuaçu, com sérios riscos do sistema prisional entrar colapso”, antecipou Juninho Linhares.

Os vereadores pediram a manutenção e renovação dos 31 contratos temporários com vencimento para setembro e outubro até o advento de novo concurso público.

Assessoria de Comunicação Organizacional

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.