Portal Caparaó

carregando...

ECONOMIA

06/07/2017 - Atualizado em 07/07/2017 8h02

Procon/ Manhuaçu apresenta balanço de trabalhos realizados no semestre

MANHUAÇU (MG) - A Coordenadoria do Procon / Manhuaçu realizou um balanço das ações executadas nestes primeiros seis meses do ano, na defesa dos direitos do consumidor. O levantamento foi oficialmente apresentado à Prefeita Cici Magalhães, em reunião no Gabinete da Prefeitura, com a presença do então Coordenador Geral Dr. Alex Barbosa, demonstrando a variada gama de serviços prestados aos cidadãos neste período.

De acordo com o relatório, foram registrados 760 atendimentos (contatos pessoais e por telefone). Destes, foram formalizadas 230 atermações; 347 audiências de conciliação, com 176 acordos firmados; o índice geral de reclamações solucionadas atingiu o patamar de 70%; foram 107 pareceres jurídicos proferidos; 129 reclamações arquivadas; foram realizadas duas sessões de julgamento das Câmaras de Julgamento COMPDECON (Conselho Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor), com 31 recursos julgados pela instituição, e quatro reuniões com fornecedores, além da realização de pesquisa de preço junto ao mercado no período.

Em suas considerações, Dr. Alex Barbosa de Matos pontuou que ‘cabe aqui o nosso sincero reconhecimento a cada um dos colaboradores do Procon Manhuaçu. Ao trabalhar diretamente no atendimento ao público, na análise de processos ou no apoio administrativo, esses servidores têm se mostrado altamente comprometidos com os valores e a missão estabelecidos pelo órgão. O Procon Manhuaçu agradece a todos os órgãos públicos parceiros, especialmente ao Ministério Público de Minas Gerais, à Delegacia de Polícia de Defesa do Consumidor e à Vigilância Sanitária de Manhuaçu.

(Secretaria de Comunicação Social – Prefeitura de Manhuaçu)

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.