Portal Caparaó

carregando...

CULTURA

09/08/2017 - Atualizado em 10/08/2017 12h52

Premiação do Maior Tapete de Areia Colorida do Brasil

MANHUAÇU (MG) - Os 27 participantes da confecção do maior tapete da Santa Ceia em areia colorida do Brasil foram homenageados na segunda-feira, 07/08, durante evento realizado na Câmara de Manhuaçu. A premiação reconhecida pelo Rank Brasil contempla do desenho da Santa Ceia gigante desenvolvido no dia 15 de junho, no Corpus Christi na Paróquia do Bom Pastor, em Manhuaçu.

Coordenados pelo artista plástico Fabrício Santos, ministros da Eucaristia das comunidades Imaculada Conceição (Coqueiro), Sagrado Coração de Jesus (Catuaí) e Santa Terezinha se uniram para um trabalho com muitos detalhes, que exigiu habilidade, participação e força de vontade de todos.

O imenso desenho do tapete da Santa Ceia feito de areia colorida com pó xadrez, mediu 14,70m x 9,30m, no pátio da igreja matriz do Bom Pastor.

O artista plástico, Fabrício Santos conta que o tapete demandou a participação de cada um, já que exigiu muitos detalhes. Gastou-se um caminhão de areia, que foi peneirada pela equipe de apoio e em seguida colorida com as cores amarelo, azul, verde, vermelho, marrom e preto. Também foi utilizada a cal branca para colorir os pequenos espaços, misturado com areia para os tons mais claros de ocre, salmão e pele.

CERIMÔNIA

A cerimônia contou com a participação do Presidente da Câmara: Jorge Augusto Pereira (Jorge do Ibéria), Secretária de Cultura Gena Clara Gil Alcon Silva, Pároco da Paróquia do Bom Pastor: Pe. Mundinho, Assessor de Gabinete da Superintendência de Ensino Pedro Paulo Ribeiro, Presidente do Conselho do Patrimônio Cultural: Dilma Resende Lima,  Vice- presidente da Academia Manhuaçuense de Letras: Paulo Roberto de Magalhães Alves, Presidente da Academia de Ciência, Letras e Artes de Minas Gerais e Reitor do GOTLAND Instituto Cultural de Educação e Artes, Fabrício Souza Santos e o Vereador responsável pela Moção do Recorde: Giovanni Mageste Hott.

Além de vídeos apresentados no evento sobre o patrimônio cultural, houve palestra com a presidente do Conselho do Patrimônio Cultural, Dilma Resende Lima sobre a importância da preservação da história, da cultura e tradições de um povo.

O artista plástico Comendador Fabrício Santos e a esposa, Marilza Alvarenga Santos, foram enfáticos em dizer que o resultado foi fruto de um trabalho em equipe. Para Fabrício Santos, o reconhecimento da Santa Ceia em areia colorida maior do Brasil foi uma inspiração divina, como sinal de sua devoção.

O comendador também recebeu das mãos do vereador, Geovani Mageste Hott, a Moção de Congratulações em nome da Câmara de Manhuaçu. Os vereadores Berenice Maria e Administrador Rodrigo também prestigiaram a entrega.

Todos os participantes do trabalho artístico receberam também um certificado e um troféu como símbolo de homenagem: Marilza Alvarenga Teixeira Santos, Henrique Fabry Teixeira Santos, Laura Luísa Teixeira Santos, Hermes Angelino Figueiredo, Amália Maria Siqueira Figueiredo, Emerson Pazeli de Souza, Priscila Angélica de Oliveira Silva Pazeli, Eliene Rodrigues de Freitas Temer, Letícia Rodrigues Pena Temer, Maria de Lourdes dos Santos, Udson Vicente Caldeira, Marcos Antônio Lacerda, Vanilda de Souza Lacerda, Mirla Barbosa Ferreira, Sonia Gomes Botelho Braga, Rubens Alves de Andrade, Karine Barbosa Moreira Alves, Andreia Marcial de Arruda, Geralda Lima Carlos, Maria do Carmo de Oliveira, Luzia da Silva Sotte, Belmiro Oliveira Silva, Silvio Lucio da Conceição, Tânia Maria de Souza, José Carlos Gomes, Reber Gomes da Silva e Pedro Henrique Gil Alcon Silva.

A ação integra a programação da Jornada do Patrimônio Cultural de Manhuaçu.

Fotos Mariza Tuelher Fotografias

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.