Portal Caparaó

carregando...

TECNOLOGIA

23/08/2017 - Atualizado em 23/08/2017 17h48

Escolas de Manhuaçu no projeto Meu Primeiro Negócio

MANHUAÇU (MG) - Três escolas de Manhuaçu foram contempladas no programa Meu Primeiro Negócio: Escolas Estaduais João Xavier da Costa; de Manhuaçu; e de São Sebastião do Sacramento. Jovens estudantes vão poder experimentar práticas em negócios, economia, gestão e operacionalização de empresas. No total, 177 escolas em todo o estado irão participar .

Serão 12 semanas na companhia de monitores e voluntários das áreas de marketing, finanças, recursos humanos e produção, que vão ajudar a ensinar conceitos como livre iniciativa, mercado, produção e comercialização.

A ação do Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes) é parte de seu programa Minas Digital, realizada em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (SEE) e tem como objetivo promover a cultura empreendedora entre alunos do ensino médio de escolas públicas estaduais.

O assessor da Secretaria no Território do Caparaó Leonardo Ermindo esteve reunido com Presidente da ADESC (Agência de Desenvolvimento Economico e Social do Caparaó) André Farrath, na ocasião da chegada do Governador Fernando Pimentel para o Fórum do Território do Caparaó, em junho.

Leonardo explica que a parceria Secretaria de Desenvolvimento e ADESC contribuiu para a escolha e disse ainda que em breve o Minas Digital terá um grande encontro na região.

O Presidente da ADESC André Farrath ressalta a importância da Secretaria de Desenvolvimento Econômico olhar com carinho para o interior, coisa que no passado não se fazia. “O momento é agora. Startups estão aí e o mundo tecnológico cada dia que passa mais acelerado. Queremos que esse encontro na região tenha todo suporte da SEDECTES e a presença do Secretário Miguel Correa da Silva” conclui.

Na foto, o presidente André Farrath com Leonardo Ermindo e o engenheiro Marcelo Prata.

Assessoria de Imprensa da ADESC

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.