Portal Caparaó

carregando...

MEIO AMBIENTE

25/10/2017 - Atualizado em 26/10/2017 9h13

Usina de Lixo tem novo incêndio criminoso e a cidade sofre com a fumaça

Fogo no Engenho da Serra / Santa Terezinha se alastrou até a Usina de Lixo

MANHUAÇU (MG) - Pela quarta vez nos últimos dois meses, a Usina de Lixo de Manhuaçu foi alvo de incêndio criminoso. Dessa vez, a queimada provocada no Engenho da Serra chegou até a área do lixão. Nesta quarta-feira, o diretor do SAMAL, Eron Elias, explica que estão desde domingo, com ajuda do Corpo de Bombeiros e de equipes próprias e da Secretaria de Obras trabalhando para conter o fogo que atinge uma área do aterro de lixo.

“Mais uma vez eu lamento os transtornos desse fogo e fumaça que afetam toda a cidade. O incêndio que atingiu o aterro sanitário, na usina de compostagem, foi criminoso. Vimos o fogo que começou no bairro Engenho da Serra, o pessoal dos Bombeiros trabalhou bastante e nós viemos para a Usina também. Infelizmente, colocaram fogo outra vez”.

Desde o fim de noite de domingo, equipes do SAMAL estão lutando para combater o fogo que consome o lixo acumulado que tem provocado uma densa fumaça.

Moradores de diversos bairros, principalmente na região da Baixada, Colina, Bom Pastor, Santana, Alfa Sul, Pouso Alegre e Santa Terezinha, reclamaram do mau cheiro junto com a fumaça.

Segundo o diretor, o fogo da vegetação seca se alastrou para o aterro sanitário e “como o lixo fica no subsolo e libera gases, o fogo queima por debaixo da terra e fica difícil de apagar”.

 Um trabalho conjunto entre SAMAL e Secretaria de Obra foi a saída para apagar o fogo. Além da mão de obra humana, foram empregados no combate às chamas um caminhão pipa e um trator.

O diretor Eron Elias ainda faz um apelo às pessoas que rondam no entorno da usina de lixo e aos trabalhadores das lavouras próximas para tenham cuidado com fogo, além de denunciar qualquer situação suspeita. 

Eron Elias ainda acionou a Polícia MIlitar de Meio Ambiente para registro de ocorrência nesta terça-feira.

Carlos Henrique Cruz - carlos@portalcaparao.com.br

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.