Portal Caparaó

carregando...

POLÍTICA

11/11/2017 - Atualizado em 13/11/2017 7h54

Vereadores homenageiam Escola Estadual de Manhuaçu

MANHUAÇU (MG) - Em reunião ordinária presidida por Juarez Elói, na noite desta quinta-feira, 09/11, a Câmara de Manhuaçu prestou homenagem a Escola Estadual de Manhuaçu (Ex-Polivalente) pelo aniversário de 45 anos e também aos surdos pelo Dia da Pessoa Surda. Os vereadores também aprovaram três projetos de lei, um projeto de proposta de emenda à Lei Orgânica, indicações, requerimentos e moções.

O encontro começou com a entrega da Moção de Congratulação para Alexandre Pascoal de Oliveira Medeiros que é o primeiro professor de Educação Física surdo com formação superior em Manhuaçu. A homenagem do vereador Administrador Rodrigo foi feita devido ao dia da Pessoa Surda que foi comemorado em 26/09. Por meio de uma intérprete, Alexandre agradeceu a todos e falou sobre as dificuldades e conquistas das pessoas surdas.

 

Em seguida, aconteceu a entrega do Diploma de Honra ao Mérito à Escola Estadual de Manhuaçu pelos seus 45 anos de fundação. Os vereadores Giovanni Mageste, Rogério Filgueiras e Berenice Maria – autores do projeto de resolução – entregaram o diploma para a Diretora Marinalva das Graças, acompanhada das duas vice-diretoras, professores, pais de alunos e dezenas de alunos.

APROVADOS

Foi aprovada, em primeira votação, a proposta de emenda à Lei Orgânica, de autoria do Poder Executivo, que altera a redação do art. 184 da Lei Orgânica do Município de Manhuaçu. Trata-se do ajuste da duração do Ensino Fundamental para nove anos nas escolas de Manhuaçu.

Aprovado projeto de lei de autoria do Poder Executivo que autoriza a prefeitura a pagar gratificação aos servidores que fizeram a limpeza do Rio Manhuaçu.

Aprovado projeto de lei de autoria do Poder Executivo que cria o Conselho Municipal de Trânsito de Manhuaçu – CMT de Manhuaçu.

Aprovado projeto de lei de autoria do Poder Executivo que altera o artigo 1º da Lei nº 3.730/2017.

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.