Portal Caparaó

CIDADES

12/12/2017 - Atualizado em 13/12/2017 9h57

Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social promove Festa com o AABB Comunidade

MANHUAÇU (MG) - As 120 crianças atendidas pelo Programa AABB Comunidade emocionaram o público com belas apresentações na 10ª Festa das Famílias, promovida na última quinta-feira, 07.

Na cidade, o trabalho social é realizado por meio de parceria entre a Prefeitura de Manhuaçu, por meio da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social, e a Fundação Banco do Brasil. Entre os presentes, a Coordenadora do Programa, Vera Lúcia Domingues; Secretária de Trabalho e Desenvolvimento Social, Giuzaina Celeste Gregório; Gerente do Banco do Brasil, Luiz Antônio Silva Franco, e o Presidente da AABB/Manhuaçu, Sandro Zaghete Santana, além de toda a equipe que atua no programa.

Este ano, a Prefeita Cici Magalhães disponibilizou ônibus para atendimento ao programa. A medida possibilitou o desenvolvimento de um trabalho melhor com as crianças atendidas e seus familiares, além de economia para os cofres públicos, com a redução de gastos com terceirização de transporte. As crianças têm aulas de dança, e, no decorrer do ano, são convidadas para diversos eventos, como inaugurações, cantatas de Natal e aniversários de instituições, em verdadeiro trabalho de valorização da autoestima.

Agora está sendo estudada a possibilidade de ampliar o atendimento para 150 crianças em 2018.

O programa visa a integração das crianças ao meio social e a proteção contra mazelas sociais como as drogas e prostituição, além de engajar os pequenos a projetos que lhes possibilitarão um futuro melhor. As crianças têm acesso aos brinquedos do clube AABB com contato direto com a natureza - em sete alqueires de área-, recebem alimentação e permanecem durante todo o dia, em contra turno escolar, com aulas de música, dança, aulas de reforço, diversas atividades e práticas esportivas como natação.

São sessenta alunos de manhã e sessenta à tarde. Destaca-se ainda a disponibilidade de psicólogos e assistentes sociais do CRAS para a realização do acompanhamento familiar, em razão das necessidades apresentadas pelas famílias que, na maioria das vezes, estão em situação de vulnerabilidade.

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.