Portal Caparaó

CIDADES

22/12/2017 - Atualizado em 23/12/2017 11h08

Prefeitura entrega cestas básicas para instituições sociais

MANHUAÇU (MG) - Outras duas instituições sociais de Manhuaçu receberam cestas básicas das mãos da prefeita Cici Magalhães, na manhã desta quinta-feira (21). Pelo menos 300 cestas foram entregues na sede da cidade e no distrito de Santo Amaro de Minas. Além da prefeita, estiveram presentes o diretor do Samal, Eron Elias da Silva, e a secretária de Cultura e Turismo, Gena Clara. Os alimentos foram arrecadados durante a Feira da Paz deste ano.

A primeira entidade a receber as doações foi o projeto Novo Horizonte, que visa assistir aproximadamente 80 crianças, entre 6 e 12 anos, em situação de vulnerabilidade social. A prefeita Cici Magalhães reiterou que essas ações visam contribuir para que as famílias tenham um Natal melhor.  “O pouco que contribuímos é muito para as famílias que são assistidas. Estamos muito felizes em ajudar desta maneira”, comentou.

Representando o projeto Novo Horizonte, Adriana Pereira Amorim Filgueiras, afirmou que as famílias das crianças assistidas pela entidade são muito carentes e qualquer doação é bem-vinda. “Com certeza, toda contribuição é válida. Esses alimentos vão ajudar a dar um Natal mais feliz para essas famílias”, completou Adriana.

A Paróquia do Bom Pastor também recebeu cestas básicas, que serão distribuídas para famílias carentes dos bairros Matinha, Engenho da Serra e Santa Terezinha. Padre Mundinho, que está afrente da Paróquia, elogiou a atitude da prefeita Cici Magalhães ao pensar na dignidade da pessoa humana. “Só temos a agradecer e elogiar. A Igreja entra como parceira de instituições como a Comunidade Terapêutica e o projeto Novo Horizonte e temos obtido excelentes resultados com essa parceria”, reiterou o padre.

Secretaria de Comunicação Social

Prefeitura de Manhuaçu

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.