Portal Caparaó

ECONOMIA

09/01/2018 - Atualizado em 10/01/2018 11h56

Com longas filas, sem dinheiro nos caixas, Itaú não explica problema

MANHUAÇU (MG) - Correntistas do banco, servidores públicos e aposentados que recebem o beneficio da aposentadoria pelo banco Itaú estão sofrendo com as enormes filas nas agências de Manhuaçu, Manhumirim, Ipanema, Lajinha, Alto Jequitibá, Carangola e Caratinga.

O motivo das filas está relacionado à falta de cédulas nos caixas eletrônicos. Um aviso na porta das agências informa que os terminais não estão funcionando e o atendimento é feito aos poucos. Quem precisa de dinheiro, tem que esperar e ir para os caixas.

Os funcionários são orientados a não explicar o motivo do problema e tentam auxiliar os clientes e aposentados, organizando, dentro do possível, o acesso ao banco. Nas agências do Itaú, os funcionários não respondem sobre o motivo que os caixas eletrônicos não funcionam.

As filas tomam conta das duas agências do Itaú – no Centro e na Baixada – em Manhuaçu. O mesmo se observa nas cidades de Manhumirim e Ipanema. Em Caratinga, um cliente, de nome Jorge também mostrou insatisfação em ter que aguardar na fila do lado de fora do banco. Ele falou que a agência não se preocupou com os atendimentos preferenciais das pessoas que possuem por direito a prioridades nas filas.

Mesmo com todo o transtorno, as agências contam com o mesmo número de funcionários, que visivelmente lamentam o episódio, mas pouco podem fazer. Sem terminais de autoatendimento e todos sendo obrigados a procurar os caixas, a demora tem sido enorme por parte do banco.

Em Manhuaçu, nas redes sociais, outro cliente, desabafou: “Quero dar os ‘parabéns’ para as agências Itaú de Manhuaçu pelo descaso com seus clientes, já tem quase uma semana que os caixas eletrônicos não funcionam. Nós clientes ficamos por horas na rua, nesse sol, deixam entrar apenas um determinado número de clientes e sem previsão de resolver o problema dos caixas. Interessante, o tanto que esses bancos arrecadam e não tem técnicos competentes para resolver um problema assim, estou indignado com isso, onde estão os direitos dos consumidores? Afinal eu pago para ter uma conta e, se eu preciso tirar um dinheiro meu, tenho que passar por esse constrangimento, são idosos, grávidas, mulheres com crianças de colo, todo mundo embolado nisso, vergonhoso isso!!!”.

A reportagem do Portal Caparaó entrou em contato com a assessoria de imprensa do Banco Itaú, em São Paulo. Por e-mail, mesmo sendo questionada sobre a falta de dinheiro nos terminais de caixas eletrônicos, a resposta foi imprecisa: ““O Itaú Unibanco informa que os recursos disponíveis na agência 3091 - MANHUAÇÚ MG estão adequados à demanda da região e que monitora constantemente as movimentações locais para garantir a satisfação dos seus clientes. O banco reforça ainda que quase todas as operações bancárias podem ser realizadas pelos canais eletrônicos de atendimento, como internet banking, aplicativos Itaú (mobile banking) e telefone”.

O problema é que ninguém consegue sacar dinheiro nesses dispositivos móveis e o problema com os clientes continua sem solução.

Carlos Henrique Cruz - Fotos Doctum TV - Portal Garotinho - Amarildo Teixeira

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.