Portal Caparaó

TURISMO

15/01/2018 - Atualizado em 16/01/2018 10h53

Prefeitura cancela carnaval por falta de recursos em Manhumirim

MANHUMIRIM (MG) - Um comunicado divulgado em vídeo esta semana pela prefeitura de Manhumirim cancelou oficialmente o carnaval da cidade. Marcado pelas atrações na praça central, com grande estrutura, o carnaval não vai acontecer depois que o prefeito Luciano Machado alegou falta de verba para realizar o evento.

No vídeo publicado nas redes sociais da prefeitura, o prefeito fala em economia de recursos e afirma que a cidade sofre com o atraso de repasses do governo federal e estadual. A falta de repasses prejudica os pagamentos obrigatórios e a prefeitura não tem verba exclusiva para ser usada para o carnaval.

A decisão de suspender o evento, segundo o prefeito, foi uma medida consciente da necessidade de economias. “Pelo que o Estado e o País estão passando, temos a consciência da nossa Administração – série e transparente – com a preocupação de colocar a casa em ordem. Estamos ainda no segundo ano de nossa administração. A exemplo de Cataguases e Leopoldina, que também tomaram essa medida, acredito que é uma atitude certa”, declarou.

No entanto, o prefeito afirmou que acidade terá um Carnaval “econômico” levando a festa para o espaço do calçadão da cidade com matinês e bandas locais, sem a grande estrutura que a folia tinha nos anos anteriores.

Na rede social, houve reações favoráveis e também reclamações. Parte dos moradores apoiou a decisão e outros argumentaram que o cancelamento pode prejudicar o faturamento de comerciantes e outros setores que são beneficiados com a data tradicional de festa em Manhumirim.

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.