Portal Caparaó

SAÚDE

16/01/2018 - Atualizado em 17/01/2018 10h50

Medicina Fetal e os benefícios no desenvolvimento do bebê e saúde das mamães

MANHUAÇU (MG) - A Medicina Fetal tem um histórico que remete aos anos 70, quando a prática do rastreamento de síndromes ganhou força em escala mundial. A partir do desenvolvimento dos equipamentos de ultrassonografia, modernização das técnicas e novas fronteiras científicas, a Medicina Fetal cresceu ainda mais. O ultrassom, método não invasivo, tornou-se uma ferramenta imprescindível para o acompanhamento gestacional.

Em Manhuaçu, a Medicina Fetal é uma das especialidades da Dra. Renata Murad Macedo (Titulada como Especialista em Medicina Fetal, pela Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia ), Médica Ginecologista e Obstetra. De acordo com ela são inúmeras as patologias que podem ser prevenidas e tratadas ainda durante a gestação. As mais comuns incluem: hérnia diafragmática, anemia fetal, obstrução urinária, Meningomielocele, Restrição de Crescimento Fetal, Síndrome de Transfusão Feto-Fetal (STTF) e vários tipos de cardiopatias.

“A Medicia Fetal consiste no acompanhamento detalhado do binômio materno-fetal, em busca do diagnóstico e tratamento de anomalias que possam ocorrer no período gestacional, com a realização de exames modernos e mais seguros que podem ser empregados para verificar anomalias no feto durante o período gestacional são: Ultrassonografia 3D / 4D, Ultra-Sonografia Morfológica do Primeiro Trimestre, Ultrassonografia Morfológica do Segundo Trimestre, Ultrassonografia Transvaginal, Amniocentese, Cordocentese, Amostra do Vilo Corial, Cardiotocografia, Dopplerfluxometria, Ecocardiografia Fetal, Perfil Biofísico Fetal, Rastreio de fatores de risco para trabalho de Parto Prematuro, proporcionando um diagnóstico precoce de riscos de doenças e síndromes”, explica.

De acordo com Dra. Renata, através da Medicina Fetal pode-se oferecer à mamãe e o futuro bebê, uma série de tratamentos proporcionando-lhes melhor qualidade de vida, quando diagnosticado, alguma patologia. “Através da Medicina Fetal podemos realizar o tratamento da hérnia diafragmática, por exemplo. Ou quando ocorre a anemia fetal, uma das opções terapêuticas inclui a transfusão para o bebê por meio de cordocentese guiada por ultrassonografia”, destaca.

Através de técnicas avançadas e aparelhos modernos, hoje podem ser feitos os seguintes tratamentos pela Medicina Fetal: Terapêutica fetal medicamentosa, Transfusão intra-útero e amnioinfusão, além de proporcionar ao profissional especializado a realização de cirurgia fetal intra útero, em casos específicos, como ocorre em alguns tipos de hérnia diafragmática, meningomielocele entre outras.

Pré-natal

Dra. Renata Macedo destaca que a realização do Pré-natal é fundamental para garantir a saúde da mãe e do bebê. “O pré-natal é o acompanhamento médico que toda gestante deve ter, a fim de manter a integridade das condições de saúde da mãe e do bebê. Durante toda a gravidez são realizados exames laboratoriais que visam identificar e tratar doenças que podem trazer prejuízos à saúde da mãe ou da criança. É importante que as futuras mamães comecem a fazer seu pré-natal assim que tiverem a gravidez confirmada ou antes de completarem três meses de gestação. Alguns exames feitos durante o pré-natal são importantes para detectar problemas, como doenças que possam afetar a criança ou o seu desenvolvimento no útero”, orienta.

Rede Gestar de Medicina Fetal

A Rede Gestar de Medicina Fetal é um grupo formado por profissionais altamente especializados e por centros médicos de todo o território nacional, que tem como finalidade disponibilizar às gestantes os mais avançados recursos para prevenção, diagnóstico e tratamento clínico e/ou cirúrgico de todas as doenças que podem acometer o feto.

“Os objetivos principais da Rede são: garantir contínuo aperfeiçoamento, atualização e integração dos profissionais e das instituições participantes; garantir e facilitar o acesso das gestantes aos centros e profissionais que integram o grupo, sob a coordenação do Dr. Fábio Peralta, um dos mais renomados nomes na Medicina Fetal, mundialmente reconhecido. Tudo isso a disposição da comunidade de Manhuaçu”, completa Dra. Renata Murad Macedo.

Os especialistas participantes da Rede têm sua formação e atualização continuadas graças a parcerias sólidas entre instituições e profissionais que promovem assistência, ensino e pesquisa.

Especializações

Dra. Renata Murad Macedo é formada em Medicina pela UFMG, tendo se especializado em Ginecologia e Obstetrícia - TEGO -  Febrasgo/AMB, fez Mestrado pela UFMG e se especializado em Videolaparoscopia e Histeroscopia – Febrasgo;  Título em Ultrassonografia em Ginecologia e Obstetrícia - Febrasgo/AMB/ CBR;  Certificação pela Fetal Medicine Foundation Londres – Inglaterra;  Título Especialista Medicina Fetal - Febrasgo/ AMB e Membro da Rede Gestar Medicina Fetal

Dra. Renata Macedo atende no Centro Médico de Manhuaçu.

Jailton Pereira - jailton@portalcaparao.com.br

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.