Portal Caparaó

GERAL

01/03/2018 - Atualizado em 01/03/2018 11h37

ONG Amar Manhuaçu constroi duas casas para vítimas de enchente

VISTA ALEGRE / RIO CASCA (MG) - No dia 25 de janeiro, foi lançado o desafio da ONG Amar Manhuaçu para a construção de duas casas em Vista Alegre, Rio Casca. As famílias estavam desabrigadas porque tiveram suas casas destruídas pela enchente que ocorreu no dia 04/12.

Uma grande mobilização aconteceu, a partir de todos os membros, voluntários e colaboradores da ONG. Houve a elaboração de projeto arquitetônico, relação e análise de logística dos materiais e inscrição de voluntários para execução.

A construção das duas casas ocorreu em apenas dois dias (10 e 17/02) e contou com a participação de um total de 54 voluntários.

“Houve muita organização, dedicação e alegria em cada pessoa que se dispôs a participar. Desde que anunciamos esse desafio, dezenas de pessoas/colaboradores colocaram-se à disposição e juntos subsidiaram os recursos necessários, conforme o projeto de construção e orçamento, com doações financeiras e de materiais de construção. Juntos construímos as paredes, os telhados, o contra piso, instalamos 6 janelas e 7 portas, colocamos cerâmica, embolsamos as paredes internas e 60% das paredes externas, realizamos a pintura interna e externa e entregamos nas mãos das famílias os materiais elétricos necessários para instalação. Hoje eles têm suas casas novamente e estão com os corações cheios de esperança e com sorrisos no rosto. Isso foi realizado de forma intensa e por um custo total de apenas R$6.780,34”, disse um dos representantes da ONG Amar Manhuaçu.

Foi um dia de muita alegria para as famílias que receberam um novo lar e também para cada voluntário e outras pessoas que colaboraram de alguma forma para que a ação de solidariedade acontecesse.

A ONG promove outras ações na cidade de Manhuaçu e tem como objetivo qualidade e dignidade a pessoas em situação de extrema necessidade a partir de ações práticas e eficazes. Existem novos projetos, em diversas linhas, que serão apresentados em breve na página do Facebook (@amarmanhuacu) para beneficiar ainda mais pessoas.

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.