Portal Caparaó

TECNOLOGIA

16/03/2018 - Atualizado em 17/03/2018 11h44

Sergio Camilo assina em Brasília adesão ao Internet para Todos

BRASÍLIA (DF) - O Prefeito de São João do Manhuaçu, Sergio Camilo (PMDB) participou da solenidade no Centro de Convenções Ulisses Guimarães e assinou termo de adesão do município ao Programa Internet para Todos. Ele também teve agenda no Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, Ministério do Turismo e Ministério da Educação.

O Programa Internet Para Todos será responsável pelo acesso democrático da internet nas regiões mais remotas, povoados, distritos e comunidades rurais.

O programa Internet para Todos, que pretende levar acesso à banda larga para locais sem conectividade.

O lançamento foi feito pelo Presidente Michel Temer, que destacou em seu discurso que está cumprindo com sua palavra de efetivar um programa e dar apoio às prefeituras por meio da renegociação das dívidas e do auxílio financeiro prometido no ano passado.

“Eu acho que nós estamos colocando o Brasil no mundo moderno, trazendo a modernidade para o país. (…) Desde 2005 já se falava desse tema de levar a banda larga para todos os municípios e escolas públicas. Hoje, nós podemos comemorar algo que diz respeito aos países mais avançados do mundo, nós estamos levando banda larga para todos os municípios brasileiros”, declarou Temer.

O Prefeito Sérgio Camilo assinou o termo de adesão ao programa que oferecerá conexão à internet. Após a assinatura da adesão, a previsão é que os primeiros municípios beneficiados recebam a partir de maio as antenas que permitirão a conexão.

De acordo com Sérgio Camilo, em São João do Manhuaçu, serão beneficiadas no primeiro momento: São Sebastião da Vista Alegre, Alto Paraíso, Bom Sucesso, Santana, Pontões, Boa Esperança, Bom Jardim, Posto de Saúde Jatobá, Escola Municipal Vergílio Pio dos Santos e o Parque Municipal Ecológico da Serra da Seritinga.

O Ministério espera que sejam instaladas 200 antenas por dia. A conexão será viabilizada pelo Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégias (SGDC), em órbita desde maio do ano passado e recebeu, desde então, R$ 3 bilhões em investimentos.

O ministro do MCTIC, Gilberto Kassab, explicou que a conexão do satélite também atenderá os ministérios da Defesa, da Educação e da Saúde, que firmaram parceria com a pasta de tecnologia para monitorar o tráfico nas fronteiras brasileiras, levar internet banda larga a 7 mil escolas públicas em 2018, além de implantar internet em hospitais e postos de saúde.

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.