Portal Caparaó

GERAL

05/04/2018

Familiares procuram mulher desaparecida

MANHUAÇU (MG) - Familiares e amigos de Adriana de Oliveira Mota, 43 anos estão à sua procura desde o dia 24 de março, quando foi vista pela última vez.

Mãe de quatro filhos e moradora do bairro Nossa Senhora Aparecida, no dia do seu desaparecimento, Adriana saiu do trabalho, em supermercado no centro de Manhuaçu passou em casa e disse que ia para a casa do namorado na Vila Boa Esperança, posteriormente uma colega de trabalho, a viu no ponto de ônibus da BR 262, por volta das 17 horas, do dia 24 do mês passado e desde então ela não foi mais vista.

De acordo com informações de familiares, Adriana não apresentava nenhuma alteração comportamental, nenhum distúrbio ou ameaças. “Minha tia é uma pessoa muito tranquila e nunca saiu assim sem ao menos dizer onde ia, como realmente fez no dia que sumiu. Nós tivemos na casa do namorado dela e mãe dele nos disse que ela havia saído de lá, no fim da tarde, horário que ela foi vista no ponto de ônibus”, disse Josiane Feiras, sobrinha de Adriana.

Ainda de acordo com ela, a tia é morena, magra, baixa, possui cabelos encaracolados e olhos pretos. “No dia ela trajava calça Jeans e blusa vermelha e estava com uma bolsinha de lado”, completa.

Adriana é mãe de 04 filhos, o caçula tem 15 anos. “Minha vó tem 86 anos é cega não pode fazer nada e está desesperada sem notícias do paradeiro da minha tia. Então pedimos encarecidamente que se alguém tiver alguma informação que nos avise, que avise a polícia, o nosso telefone é 33 984141669, fala comigo, Josiane ou 98455 9700", finaliza.

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.