Portal Caparaó

GERAL

09/05/2018 - Atualizado em 10/05/2018 14h01

MGS abre processo seletivo com vagas na região

REDAÇÃO - A Minas Gerais Administração e Serviços (MGS) tem novo processo seletivo aberto. São 52 vagas ofertadas, mais formação de cadastro reserva, em cargos de todos os níveis de escolaridade para lotações nas cidades de Diamantina, Serro, Manhuaçu, Manhumirim, Ponte Nova, Viçosa, Piranga Carangola, Curvelo, Buenópolis, Três Marias, Juiz de Fora, Muriaé, Cataguases, Ubá, Além Paraiba, Leopoldina, Mar de Espanha, Araçuaí, Águas Formosas, Pedra Azul, Aguas Vermelhas, Belo Horizonte, Betim, Contagem, Ibirité, Lagoa Santa, Pedro Leopoldo, Ribeirão das Neves, Vespasiano, Guanhães, Conceição do Mato Dentro, Itabira, Nova Era, João Monlevade, Mariana, Ouro Preto, Itabirito, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Presidente Olegário, Joao Pinheiro, Paracatu, Unaí, Arinos, Bocaiúva, Montes Claros, Francisco Sá, Pirapora, Januária, Salinas, Janaúba, Brasilia de Minas, São Francisco, São João da Ponte, Grão Mogol, Divinópolis, Arcos, Bambuí, Formiga, Lagoa da Prata, Bom Despacho, Pará de Minas, Pouso Alegre, Camanducaia, Itajubá, Caldas, Poços de Caldas, Três Corações, Varginha, Caxambu, São Lourenço, Baependi, Itanhandu, Passos, Lavras, Alfenas, Uberlândia, Araguari, Santa Vitoria, Ituiutaba, Monte Carmelo, Uberaba, Araxá, Frutal, Iturama, Caratinga, Coronel Fabriciano, Ipatinga, Marliéria, Governador Valadares, Conselheiro Pena Santa, Maria do Suaçuí, Peçanha, Barbacena, Santos Dumont, São João Del Rei, Prados Conselheiro Lafaeite e Congonhas, além de Brasília-DF.

As inscrições já estão abertas e vão até o dia 29 de maio de 2018, pelo site da banca Nosso Rumo: www.nossorumo.org.br. As taxas de participação são de R$ 33,00, R$ 43,00 e R$ 57,00, de acordo com a escolaridade exigida para cada cargo, com isenção prevista para candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadúnico).

As vagas estão nas funções de Ajudante de Manutenção, Agente de Campo, Agente de Serviços de Parque Habilitado - categoria A ou B, Agente de Serviços de Parque Não-Habilitado, Almoxarife, Artífice, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Atendimento, Costureira/ Bordadeira, Brochurista Gráfico, Capineiro, Carregador, Cozinheiro, Copeiro, Digitador, Eletricista Predial, Frentista, Garçom, Hidrometrista, Jardineiro, Lavador de Veículos, Lavadeiro/ Passadeiro, Limpador de Vidros, Médico do Trabalho, Mensageiro, Monitor Ambiental, Monitor Ambiental A, Motociclista, Motorista categorias B ou D, Motorista de Ambulância, Motorista de Passageiros, Operador de Caixa, Operador de Caldeira, Operador de Cargas, Operador de Monitoramento, Porteiro/ Vigia, Recepcionista, Servente de Limpeza, Técnico Contábil, Técnico em Edificação, Técnico em Informática, Tecnólogo em Redes, Técnico em Segurança do Trabalho, Telefonista, Vigia Motorizado e Viveirista.

As remunerações variam entre R$ 719,70 e R$ 5.413,30, por jornadas semanais de trabalho que podem ser de 20, 30, 36 ou 44 horas.

A prova objetiva será a única etapa de seleção do concurso e será aplicada em 24 de junho nas cidades de Diamantina, Brasília-DF, Manhuaçu, Ponte Nova, Curvelo, Juiz de Fora, Muriaé, Ubá, Além Paraíba, Araçuaí, Almenara, Águas Formosas, Pedra Azul, Belo Horizonte, Guanhães, João Monlevade, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Unaí, Patrocínio, Montes Claros, Pirapora, Januária, Salinas, Janaúba, Bambuí, Divinópolis, Pouso Alegre, Três Corações, Caxambu, Passos, Alfenas, Uberlândia, Ituiutaba, Monte Carmelo, Uberaba, Araxá, Frutal, Iturama, Ipatinga, Governador Valadares, Peçanha, Barbacena, Muriaé, Chapada Gaúcha, Curvelo, Januária e Uberlândia.

As provas terão 20 questões de Língua Portuguesa e Matemática para funções de níveis fundamental e médio; e 20 questões de Língua Portuguesa e Conhecimentos Específicos para níveis técnico e superior. A avaliação será feita na escala de zero a 100, com 50 pontos como nota mínima para aprovação.

O seletivo terá validade de dois anos a partir de sua homologação de resultado, prazo que pode ser prorrogado uma vez pelo mesmo período. Os aprovados que vierem a ser convocados assinarão contrato individual de trabalho que se regerá pelos preceitos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), sujeitando-se às normas de cestão de pessoas e ao normativo de empregos e salários vigentes à época da admissão e sem direito à estabilidade no cargo ou localidade.

As lotações poderão acontecer em qualquer um dos tomadores de serviço da MGS. Com relação às cargas horárias previstas, poderá ser adotado regime de compensação de jornada previsto nas convenções coletivas de trabalho, com possibilidade de alteração ou adoção de jornada inferior a qualquer momento durante a vigência do contrato de trabalho, de acordo com a necessidade da MGS.

Redação

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.