Portal Caparaó

VEÍCULOS

18/05/2018

Polícia Militar promove ações do Maio Amarelo

MANHUAÇU (MG) - A campanha mundial “Maio Amarelo”, realizada pela Organização das Nações Unidades (ONU), define o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. 

A Polícia Militar, como instituição promotora da segurança pública e proteção do cidadão, através de suas Unidades Operacionais, em especial de trânsito urbano e rodoviário, aderiu à campanha e adotou medidas de mobilização e sensibilização comunitária para a prevenção dos altos índices de acidentes ocorridos nas vias urbanas e rodovias em todo Estado de Minas Gerais, que ceifam vidas e deixam sequelas irreparáveis.

No 11º Batalhão, responsável pelo policiamento de 24 cidades incluindo Manhuaçu, estão sendo desenvolvidas ações de conscientização e de mobilização social como blitz educativas, palestras, distribuição de impressos, colocação de faixas em locais de grande circulação pessoas e veículos, além de operações específicas voltadas para a segurança no trânsito.

Na Escola Municipal Ponte da Aldeia foram realizadas duas palestras de trânsito, referentes à campanha do Meio Amarelo.

Atendendo cerca de 300 crianças, em dois turnos, com faixa etária de 4 a 10 anos.

Foram pontuadas dicas de segurança através dos seguintes assuntos: Uso da faixa de pedestres, calçadas e pistas de rolamento; Uso do cinto de segurança; Uso do aparelho celular no trânsito; Transporte escolar; Comportamento no trânsito.

Na segunda palestra, participaram os soldados alunos do Curso de Formação de Soldados, Nataliane e Regence.

REGIÃO

Com participação dos alunos do 7° ano da Escola Municipal Pedro de Oliveira e profissionais da saúde Núcleo de apoio a saúde familiar "NASF", em Caiana houve conscientização dos condutores de veículos com distribuição de panfletos com dicas para um trânsito mais seguro.

Em São José do Mantimento, houve palestra e ações voltadas para a campanha “Maio Amarelo”.

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.