Portal Caparaó

ECONOMIA

29/05/2018 - Atualizado em 30/05/2018 12h10

Prefeito decreta situação de emergência em Manhumirim

MANHUMIRIM (MG) - O prefeito Luciano Machado decretou nesta terça-feira (29) situação de emergência no município de Manhumirim, em razão do desabastecimento de bens, produtos e gêneros de primeira necessidade à população, gerado após a paralisação nacional dos caminhoneiros.

De acordo com o decreto nº 225/2018, todas as secretarias municipais deverão realizar um plano de racionalização de usos dos insumos no âmbito de suas respectivas competências, com o objetivo de preservar a continuidade das atividades essenciais.

O decreto prevê também a criação de um Comitê de Gerenciamento de Crise, para enfrentar a situação.

De acordo com o prefeito, o comitê tem como finalidade propor e adotar medidas preventivas ou reparatórias, nas esferas administrativas e judicial, visando a manutenção dos serviços públicos essenciais à população.

São considerados serviços públicos essenciais: a saúde, como o transporte de pacientes, de materiais, insumos e medicamentos; a coleta de lixo; o serviço funerário; a segurança urbana e defesa civil; o transporte coletivo urbano de passageiros e assuntos ligados à educação.

“Sabemos da reivindicação justa e digna dos caminhoneiros e também da falta de compromisso do governo federal com os municípios (...), mas não conseguimos manter os serviços à população de forma digna sem tomar essas medidas emergenciais, priorizando o atendimento”, justificou em vídeo o prefeito Luciano Machado.

Carlos Henrique Cruz - carlos@portalcaparao.com.br | Redação do Portal Manhumirim

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.