Portal Caparaó

GERAL

31/05/2018 - Atualizado em 01/06/2018 12h07

Motociclistas civis e militares participam de curso de pilotagem segura

MANHUAÇU (MG) - Mesmo com os entraves causados pela greve dos caminhoneiros que provocou o desabastecimento nos postos de combustíveis de todo o pais e falta de alguns gêneros alimentícios, o 11º Encontro Nacional de Motociclista manteve a sua programação normal e com uma grande participação de motociclistas de toda a região.

“Se não fosse a greve dos caminhoneiros teríamos recebido um número maior de visitantes, mas mesmo muitos irmãos marcaram presença fazendo com o evento acontecesse, graças ao empenho dos motoclubes de Manhuaçu e Região que uniram forças e mesmos com as dificuldades que apareceram na última hora”, disse o Presidente da AMMAR, André Amaral.

A programação do evento se iniciou na manhã de sexta-feira, 26/05 com um curso de pilotagem segura, oferecido numa parceria Alves & Dutra Corretora de Seguros e a Companhia de Seguros Porto Seguro e a AMMAR.

No primeiro momento o curso foi aplicado para Militares da 2ª Cia de Corpo de Bombeiros de Manhuaçu e do 11º Batalhão de Polícia Militar. “Este curso dividido em aulas práticas e teóricas. “O Curso de pilotagem segura aborda pontos importantes numa pilotagem segura, no caso dos militares o uso da motocicleta como um meio de resposta rápida numa ocorrência onde a adrenalina é alta a pilotagem defensiva e preventiva é fundamental para a segurança dos pilotos e usuários da via”, disse o instrutor do curso Carlos Amaral.

Nas aulas teóricas os pilotos receberam orientações sobre posição de pilotagem, frenagens e aceleração e itens de segurança de motos e pilotos. “Hoje as motocicletas são embarcadas de tecnologias são tantas siglas que a gente fica perdido, ABS, CBS, Controle de tração e tantos outros que se o piloto não tiver um conhecimento básico do que ele tem à sua disposição nada disso vai adiantar”, comenta Amaral.

Já nas aulas teóricas os alunos foram para uma pista especialmente montada no Parque de Exposições para este fim. “Bem nesta parte do curso eles aprenderam como pilotar com segurança, como saber usar os freios corretamente, desviar de objetos fixos e transpor obstáculos, inclinação em curvas e outro mais”, explica Carlos Amaral.

O curso foi tão procurado que a Alves & Dutra Corretora de Seguros e a Companhia de Seguros Porto Seguro abriram turmas no sábado e domingo para os presentes no 11º Encontro Nacional de Motociclistas de Manhuaçu. “O curso foi para os profissionais, mas principalmente para as pessoas que usam a motocicleta para o laser e muitas dessas, motos de alta cilindrada. E através do curso eles aprenderam um pouco mais de como pilotar com segurança”, finaliza.

Motos x Potência

É muito comum as pessoas ligarem à motos potentes somente às de alta cilindrada, isso é um equívoco, com as tecnologias atuais e matérias cada vez mais leves e mais resistentes temos motos de 250, 300 cilindradas que se equiparam às de 500 e algumas até às de 600 cilindradas, então, como eu disse antes, é muito importante conhecer o que se tem nas mãos, como proceder numa manobra de emergência e usar da moto tudo que ela lhe oferece de forma segura e correta”, completa Amaral.

Dicas do Profissional

Se você é iniciante, não aconselhamos jamais você pegar uma moto de média ou grande cilindrada, comece com as pequenas (até 300cc).

Os motivos são óbvios: “Primeiro que você é inexperiente e não conhece moto muito bem, as motos pequenas "aceitam" o erro do piloto com mais facilidade, se você frear ou fizer uma curva errado numa 150cc por exemplo, terá tempo de corrigir antes de cair, essa sorte você não vai ter numa S1000RR”, disse.

Segundo que você vai cair, com certeza! Só não caiu de moto quem nunca andou de moto, e o conserto de uma moto pequena vai doer muito menos no seu bolso que o conserto de uma moto grande, lembre-se disso: mais potência, mais gasto.

Terceiro que devido à falta de perícia com motocicletas, você não vai poder aproveitar tudo que uma moto potente tem à oferecer, então vai sobrar motor e faltar piloto.

“Antes de tudo, você precisa saber qual estilo de moto combina mais com seu perfil, existem inúmeros tipos de motos, desde os mais famosos (naked, scooter, trail), até os mais desconhecidos (café racer, custom, clássica), então saber qual estilo de moto combina com você é o primeiro passo para uma decisão acertada! ”, fala Amaral

A vinda do Curso de Pilotagem Segura para Manhuaçu foi graças à parceria da Alves & Dutra Corretora de Seguras, AMMAR – Associação de Motociclistas de Manhuaçu e Região e empresa de seguros Porto Seguro.

Segundo Paulo Guering, representante da Alves & Dutra Corretora de Seguros, o alto índice de acidentes envolvendo motocicletas foi um dos motivos para a realização do curso. “Exatamente a moto hoje é meio de ágil e econômico, mas por outro expõe o piloto à fragilidade do veículo e poder oferecer este curso às pessoas que se fizeram presentes no Encontro Nacional de Motociclistas de Manhuaçu, para nós foi gratificante”, disse Paulo

A Alves & Dutra Corretora de Seguros, financiamentos, consignados, financiamento e refinanciamentos de imóveis e Consórcios vem se especializando no seguimento motociclístico e uma das preocupações da empresa é com o bem-estar e a segurança dos usuários. “O nosso objetivo é oferecer um serviço diferenciado aos motociclistas, independentemente do tamanho e modelo de sua motocicleta, em primeiro lugar vem a segurança e nessa parceria com a Companhia de Seguros Porto Seguro e AMMAR visamos exatamente isso dar mais segurança aos pilotos de motocicletas seja ela usada no trabalho ou no laser”, finaliza.

Conheça a Alves e Dutra que fica na Rua Monsenhor Gonzales, 55, Centro, Manhuaçu – MG, ou pelo site www.alvesedutra.com.br, telefone 33 3331 1321.

Jailton Pereira

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.