Portal Caparaó

POLÍTICA

04/06/2018 - Atualizado em 04/06/2018 17h31

Ernane é eleito o novo prefeito de Pocrane

POCRANE (MG) - O candidato Ernane José de Macedo (PTB) foi eleito com 55,61% dos votos na eleição suplementar que ocorreu durante o domingo (03/06) para escolher o novo prefeito e vice de Pocrane. Já o candidato Derson Dionis (PSB) teve 44,39% dos votos.

Ernane estava como prefeito interinamente e agora assume como prefeito da cidade até 31 de dezembro de 2020.

As eleições suplementares correram de forma tranquila, sem acontecimentos que pudessem comprometer a normalidade dos trabalhos.

Em Pocrane, 5.576 eleitores votaram (76% do eleitorado). Foram 76 votos em branco (1,36%) e 292 nulos (5,24%).

Venceu nas urnas Ernane José de Macedo (PTB), o Ernane, vice Antônio Pereira da Gama Sobrinho (MDB), pela Coligação “Juntos por um Futuro Melhor” (PTB/PT/MDB/PHS/ PV/PSDB), com 2.896 votos (55,61%). Ficou em segundo lugar Ederson Domingos Dionis, com 2.312 votos. A totalização dos votos foi encerrada às 19h26’02”. 

Os candidatos eleitos tiveram seus registros deferidos pela Justiça Eleitoral. O Juiz Eleitoral de Ipanema tem até o dia 22 de junho para diplomar os candidatos eleitos, após a análise das prestações de contas. A partir da diplomação, os candidatos podem tomar posse.

Os eleitores de Pocrane que não compareceram às urnas neste domingo têm até 2 de agosto de 2018 – 60 dias após as eleições – para justificarem sua ausência.

A justificativa deve ser feita, preferencialmente, nos cartórios eleitorais dos municípios.

As novas eleições ocorreram em razão da dupla vacância no Executivo municipal. A vice-prefeita Nadir Domingos Dionis faleceu em 2017 e o prefeito, Álvaro de Oliveira Pinto Júnior, renunciou ao mandato em 10 de abril de 2018. Foi a primeira eleição suplementar, referente ao pleito de 2016, que ocorre por uma causa não-eleitoral.

Redação

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.