Portal Caparaó

POLÍCIA

07/08/2018 - Atualizado em 08/08/2018 10h46

Chuvas deixam rastro de prejuízos na região

REDAÇÃO - Moradores de toda a região contam os prejuízos após o forte temporal da noite de segunda-feira para a madrugada desta terça-feira, 07/08. Nesta terça, ainda há árvores caídas, telhados arrancados e muita lama pelas ruas.

A chuva intensa, acompanhadas de rajadas de ventos, causou estragos em várias cidades. Há registros de queda de árvores nas rodovias de acesso a Alto Caparaó, na MG-111 (trecho de Manhumirim) e na MG-108 (Durandé – Lajinha).

Em várias localidades, houve também problemas de inundações durante o período da chuva forte. A falta de redes pluviais e a dificuldade de escoamento combinada com o grande volume de água num intervalo pequeno causaram inúmeros transtornos. Em todos os pontos de alagamento, felizmente, a água baixou após as chuvas cessarem.

Nesta terça-feira, o trabalho dos moradores e de algumas prefeituras é para a limpeza de ruas de casas. Em cidades como Sericita, Santa Margarida, Matipó, Manhuaçu, Reduto e Manhumirim há registros de enxurrada que carregou muita lama para as ruas mais baixas.

No distrito de Ribeirão São Domingos, no entanto, os estragos foram maiores telhados inteiros foram destruídos com a força dos ventos e granizo da madrugada. Felizmente, ninguém se feriu.

ALERTA AMARELO

Por volta de meio-dia, desta terça-feira, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) publicou alerta amarelo para chuvas intensas na região.

“Aviso iniciando em: 07/08/2018 12:00. Chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 Km/h). Baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas”.

Ações recomendadas

* Em caso de rajadas de vento: (não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda).

* Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

* Obtenha mais informações junto à Defesa Civil e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Carlos Henrique Cruz - Portal Caparaó

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.