Portal Caparaó

EDUCAÇÃO

31/08/2018 - Atualizado em 01/09/2018 11h58

Alunos da Faculdade do Futuro fazem visita técnica ao Corpo de Bombeiros

MANHUAÇU (MG) - Alunos do Curso de Enfermagem da Faculdade do Futuro participaram de uma visita técnica à 2ª Companhia do Corpo de Bombeiros de Manhuaçu na manhã de sábado,(25/08. O objetivo é orientar os futuros profissionais de saúde sobre procedimentos necessários durante atendimento a um paciente com traumas.

Uma das principais recomendações é quanto a imobilização do paciente. “Existe uma série de protocolos para a imobilização do paciente. Se o profissional que o receber no hospital não estiver ciente desses protocolos, pode prejudicar o mesmo, provocando o agravamento de lesões. A retirada do colar cervical, por exemplo, deve ser feita com todos os cuidados e seguindo as técnicas recomendas”, disse o cabo Lucas Armando que instruiu os alunos.

Os alunos receberam orientações práticas e teóricas quanto ao atendimento Pré-Hospitalar, imobilização da vítima e deslocamento para unidade especializada. Além disso, a parte prática também envolveu a técnica de imobilização com prancha longa, muito utilizada em acidentes para prevenir danos na coluna e socorro à vítima com PCR – Parada Cárdio Respiratória.

De acordo com a professora Edileuza Aparecida de Freitas,  integração com os profissionais que realizam o socorro às vítimas é uma preocupação da instituição de ensino na formação destes alunos

“Esses encontros são muito importantes, pois os alunos vivenciam na prática o que até então viram na teoria durante o curso, garantindo uma sobre maior aos pacientes”, disse.

Para a aluna Viviane da Silva Coelho, de 29 anos, o treinamento foi esclarecedor. “A experiência foi ótima e muito rica. Aprendemos as técnicas para receber um paciente imobilizado e como proceder para a retirada de equipamentos como tiras de amarração e colar cervical, por exemplo”.

A aluna Laiza Teixeira acredita que essas visitas técnicas são a parte mais importante do curso. “O conhecimento na teoria é importante, mas quando chegamos aqui e vivemos a parte prática do que vimos em sala de aula, é gratificante”, disse.

De acordo com Cabo Lucas, a corporação está sempre de portas abertas para trocar informações e dar treinamentos aos profissionais de saúde. “Basta entrar em contato com o comando e agendar”, explica o bombeiro.

Jailton Pereira - jailton@portalcaparao.com.br

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.