Portal Caparaó

AGRONÉGOCIOS

12/09/2018 - Atualizado em 13/09/2018 19h00

Curso capacita novos agentes de turismo rural

MANHUAÇU (MG) - A Secretaria de Cultura e Turismo de Manhuaçu em parceria com o Sindicato Rural e o Senar promovem curso que vai capacitar novos agentes de turismo rural na região. Com isso, a expectativa é explorar todo o potencial turístico do Caparaó, especial com a rota do café.

Desde o início da gestão, a prefeita Cici Magalhães tem se esforçado para não só traçar a Rota do Café com atração turística, mas também efetivar a região como polo de café de qualidade. Com um meio rural muito extenso e com grandes atrativos, a ideia é fazer com que o consumidor final também conheça um pouco mais da realidade cafeeira da região.

“Temos excelentes produtores de café em Manhuaçu e região. A Rota do Café deve ser mais bem explorada. Para isso, estamos apoiando este importante curso de capacitação no município para que os primeiros agentes de turismo rural sejam multiplicadores da ideia. Temos um potencial turístico enorme e vamos aproveitar da melhor maneira possível”, avaliou a prefeita Cici Magalhães.

O secretário do Conselho Municipal de Cultura e Turismo de Manhuaçu (COMTUR), Udson Caldeira, também comemorou a chegada do curso no município. “É com muita alegria que estamos participando deste curso. Será muito válido para a nossa região capacitar pessoas que, a partir de formados, terão conhecimento suficiente para levar o consumidor até as lavouras, para conhecerem toda a produção do nosso café de montanha, que é considerado um dos melhores do Brasil”, comentou.

CURSO

A turismóloga e instrutora do Senar, Fernanda Silva, explica que o curso vai até março de 2019. Serão 224 horas de aula neste período. Os alunos terão capacitação dentro de seis módulos. São eles: produtos e serviços turísticos; prevenção de acidentes; condução de turistas; hospedagem; meios de alimentação; e comercialização.

Segundo a instrutora, o objetivo é explorar o potencial turístico do café da região. “Todo o curso tem a parte técnica e, principalmente, prática. Vamos à campo para fazer todo o levantamento dos potenciais de turismo do município e da região. Todos os seis módulos possuem aulas práticas. Desta forma, eles sairão aptos a exercer efetivamente tudo o que um agente de turismo rural pode oferecer”, explicou Fernanda.

Ao final do curso, todos os participantes receberão diploma.

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.