Portal Caparaó

POLÍTICA

29/10/2018 - Atualizado em 29/10/2018 18h30

Com carreata e buzinaço, manhuaçuenses comemoram vitória de Bolsonaro

MANHUAÇU (MG) - Moradores de Manhuaçu saíram as ruas na noite deste domingo (28) em uma carreata e buzinaço para comemorar a vitória do deputado federal, Jair Bolsonaro (PSL), eleito presidente. Ele venceu o candidato do PT, Fernando Haddad, e comandará o País pelos próximos quatro anos.

Uma grande concentração de eleitores que apoiam o peeselista aconteceu no bairro Coqueiro. Toda movimentação foi acompanhada por equipes da Policia Militar (PM). Não houve registro de incidentes.

Com bandeiras do Brasil e faixas em homenagem ao novo presidente empunhadas, os manhuaçuenses ecoavam gritos de ordem como "Bolsonaro presidente!", "Corrupção nunca mais!" e a expressão mais conhecida “Mito!”.

Muitos dos que estiveram nas ruas comemorando disseram acreditar que Bolsonaro será uma peça fundamental para o resgate da moralidade política e econômica do Brasil. Outros, acham que é o fim da corrupção.

Na cidade, além de grupos de apoiadores em redes sociais, Bolsonaro teve apoio manifestado em duas grandes carreatas pelas ruas da cidade em setembro e na semana passada.

NÚMEROS

Em Manhuaçu, Bolsonaro foi vencedor no primeiro e no segundo turno com números significativos. Foi a maior votação percentual no segundo turno nos últimos oito anos de um candidato a presidente. Ele obteve 23.678 votos (60,8%), enquanto Dilma somou 50,26% (2010) e 57,01% (2014).

Na região, Bolsonaro foi o mais votado em 14 cidades: Alto Caparaó, Alto Jequitibá, Carangola, Caratinga, Caparaó, Ipanema, Lajinha, Luisburgo, Manhuaçu, Manhumirim, Mutum, Pocrane, Santa Bárbara do Leste e Santa Rita de Minas.

Carlos Henrique Cruz - Portal Caparáo - Proibida a reprodução sem autorização

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.