Portal Caparaó

AGRONÉGOCIOS

29/10/2018 - Atualizado em 30/10/2018 10h48

TPJ Café: primeiros armazéns da zona da mata a gerar sua própria energia

ESPERA FELIZ (MG) e DORES DO RIO PRETO (ES) - Com armazéns em Espera Feliz (MG) e em Dores do Rio Preto (ES), a TPJ Café inaugura uma nova fase em sua história. É a primeira empresa do segmento na região da Zona da Mata a gerar energia solar para alimentação de seus sistemas elétricos.

Na semana passada, terminou a instalação das placas fotovoltaicas no telhado dos quatro armazéns que o grupo TPJ possui. Os equipamentos retêm a luz do sol e geram eletricidade. O sistema é interligado à rede elétrica da concessionária e o funcionamento é simples: durante o dia, a energia desenvolvida é utilizada dentro do ambiente das empresas. A energia que sobra fica de crédito na rede para ser usada depois.

O projeto pioneiro da TPJ Café mostra a preocupação com a sustentabilidade, o meio ambiente e a economia. Com a mudança, o grupo é o primeiro na área de armazéns de café a produzir uma corrente elétrica de forma limpa, contribuindo para a diminuição das emissões de carbono.

Além de economia, a TPJ Café acredita na energia solar porque é renovável e não polui. Foram investidos cerca de dois milhões de reais no projeto pioneiro do grupo.

TRAJETÓRIA

Com 38 anos de existência, a TPJ Comércio de Café é reconhecida por utilizar as mais modernas tecnologias para garantir a qualidade do café, através de uma equipe altamente qualificada.

Atualmente, é uma das dez maiores exportadoras do Brasil e também trabalha com café torrado e moído em duas versões: Tradicional e Gourmet.

Saiba mais em: www.tpjcafe.com.br

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.