Portal Caparaó

CIDADES

07/11/2018 - Atualizado em 08/11/2018 10h36

Ponte no córrego Arrozal é construída em parceria

MANHUAÇU (MG) - A Secretaria de Obras e a comunidade fazem parceria para construção de uma ponte na região do Córrego do Arrozal, próximo à Vila Formosa, na zona rural de Manhuaçu.

A reivindicação dos moradores se deu através de reportagem na qual a moradora da comunidade Naira de Souza solicitava à Prefeitura de Manhuaçu a construção de uma ponte no local onde havia uma pinguela que foi destruída pelas chuvas. “Essa ponte vai nos facilitar muito a vida, depois que a pinguela caiu, temos que dar uma volta muito grande e no período das cheias, a estrada fica intransitável, além de ser muito perto para caminhar a noite”, disse a moradora.

A administração municipal se pronunciou através do Diretor de Obras, Jânio Sérvio Mendes, o “Catinga”. Na época “Catinga” colocou a Secretaria de Obras à disposição da comunidade para se reunirem e discutirem o início da obra. “Primeiramente temos que destacar aqui o brilhante trabalho da imprensa e ser o meio de comunicação entre a comunidade e o poder público, quando fomos procurados pela reportagem do Tribuna do Leste, não sabíamos das necessidade da comunidade e assim que tomamos conhecido da proposta dos moradores, levamos ao conhecimento da Prefeita Cici Magalhães, que de imediato nos determinou para que déssemos início ao projeto e licenças ambientais para começar a obra o mais rápido possível”, disse Catinga.

Como a comunidade já disponha de parte do material como as vigas de madeira e os pranchões da ponte, a Prefeitura de Manhuaçu decidiu fornecer a mão de obra, material e construção das cabeiras da ponte. “Já depositamos no local, o material que será usado na obra da cabeceira da ponte. E assim que estamos administrando, ouvindo as comunidades, fazendo parcerias e promovendo melhorias no município e economia aos cofres públicos”, finaliza.

Compartilhar

Comentários

O Portal Caparaó não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens. O Portal Caparaó se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas. As opiniões são de responsabilidade de seus autores.